The Walking Dead #53

George A. Romero

George A. Romero

Dizem que de tempos em tempos surge um novo mestre. No quesito “filmes de zumbi” o mestre é sem dúvida George A. Romero, praticamente inventor do gênero. Nesses tipos de filme alguma coisa, normalmente não explicada, ocorre e infecta uma porção de pessoas e assim a infecção vai passando de pessoa para pessoa té tornar tudo um Caos.

Resident Evil se aproveitou bem dessa historia, montou diversos jogos em cima desse esqueleto. Porém, em Resident Evil o vilão é o vírus T, que transforma os seres vivos em mortos-vivos e com algumas mutações em seres super fortes e outras esquizitices do tipo. Os filmes e os games se passam em universos distintos.

Já filmes do ja falado Romero são baseados no mesmo universo, como se fosse um grande filme feito aos pedaços em diferente epocas, mas tratando sempre o mesmo assunto: Zumbis. Em 1968 depois refilmado em 1990 foi “A noite dos mortos vivos”, depois 1978 refilmado em 2004 (não por Romero) foi a vez de “Madrugada dos mortos” que conta os eventos imediatos a “A noite dos mortos vivos”, seguido em 1985 sem refilmagem de “Dia dos mortos”. Esses 3 filmes juntos fecham a trilogia do “o que aconteceu”, pois retrata o momento exato, “noite”, quando aconteceu e segue mostrando outros momentos do mesmo dia, madrugada e dia” quando as pessoas souberam do ocorrido, claro que as historias vão mais longe que um período do dia. Na sequencia, em 2005, vem “Terra dos mortos” aonde mostra a terra uns 6 meses depois do início da peste. Agora o ultimo filme é o ainda inédito no Brasil “Diarito da morte” que conta a historia de uma galera no dia do filme 1(“A noite dos mortos vivos”) tentando fazer um filme de zumbis, só que eles encontram zumbis de verdade. Ao que parece esse filme é feito com cameras, digamos, diferentes… lembra de Cloverfield?

Como eu disse, de tempos em tempos surge um mestre. Eis que presenciamos o surgimento desse mestre do Genero Zumbis. Ele se chama Robert Kirkman e é resposavel pelo fenômeno conhecido como “The Walking Dead”, sem lançamento periodico no Brasil, mas é vendido em coletâneas.

Hoje foi lançada a ultima edição, a de numero 53. A Cada edição,

The Walking Dead supreende mais e mais, revelando a verdadeira face das pessoas ante a um mundo aonde todos estão contaminados e quem morrer vira um Zumbi, isso mesmo, o Inferno Fechou suas portas. Se você quiser saber mais sobre Walking Dead, entre em contato comigo.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Quadrinhos

Uma resposta para “The Walking Dead #53

  1. Luciano

    Eu também li the walking dead, atualmente estou em busca da nº 57, e realmente estou gostando muito, posso dizer que a unica coisa ruin na revista é que depois de ler até o número atual você vai ter que esperar 1 mês para ler a próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s